Novidades

Blog

Cavaletes de políticos se transformam em diferentes mobílias

Quem nunca se incomodou com aqueles cavaletes no meio da rua, de canteiros e em outros lugares na cidade na época das eleições que atire a primeira pedra. E foi justamente esse incômodo gerado pela presença dos cavaletes políticos pelas ruas de milhares de cidades que motivaram a ação do arquiteto Maurício Arruda, da agência John Walter Thompson (JWT) e do Projeto Mobilize Brasil, a se mexer.

Decoração

Ao observar que além dos cavaletes atrapalharem na mobilidade urbana, poluírem visualmente as cidades e serem utilizados de maneira irregular, eles se tornaram lixo após as eleições. Mas Maurício buscou uma alternativa para o material com o projeto Mobiliário Político.

E ao invés de irem para o lixo, essas peças se transformaram em diferentes mobílias através do trabalho de dois projetos: Marceneiro Curitiba e Mobiliário Político.

Decoração

As iniciativas surgiram de forma independente em Curitiba e São Paulo. E ao se unir, eles abordaram o tema de forma ainda mais ampla, transformando um material que inicialmente era um problema urbano em móveis, com foco em design, sustentabilidade e participação da comunidade.

De um lado, pós-eleições, o Marceneiro Curitiba incentivou os candidatos a doar os cavaletes, reciclou mais de dez toneladas de madeira e criou sete modelos de móveis. As peças foram batizadas com nomes de moradoras do Asilo São Vicente de Paulo, instituição que vai receber parte da renda das vendas dos móveis. Já o Mobiliário Político – uma parceria entre o arquiteto e designer Mauricio Arruda, a Mobilize Brasil e a agência J. Walter Thompson – criou um projeto open source tomando por base cinco modelos de peças, permitindo que qualquer pessoa construa seus próprios móveis a partir de tutoriais disponíveis na internet.

Decoração
Quer saber mais sobre esse projeto? Clique aqui.

Faça seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>